Conhecer o verdadeiro propósito faz toda a diferença nos negócios e na vida.

Share on twitter
Share on facebook
Share on linkedin
Para muitos pode soar um tanto quanto romântico – e está tudo certo pois acredito que está faltando uma pitada de romantismo no mundo corporativo

Mas acredito que uma boa estratégia embasada em um propósito verdadeiro definirá quem serão as empresas de sucesso no presente e no futuro. Empresas que enxergam resultado e lucro como consequência e não como a razão de ser do negócio.

Na esfera pessoal, é muito libertador quando nos permitimos fazer uma viagem para dentro de nós mesmos. Por que estamos aqui? O que nos move? Estamos fazendo nossas escolhas de acordo com nosso propósito de vida? Quando tomamos consciência de tudo isso, nossa caminhada fica mais leve e as coisas passam a ter outro significado.

PROPÓSITO NÃO PODE SER SLOGAN DE MARKETING E NEM UMA PLAQUINHA NA PAREDE DA “FIRMA”.

Não podemos confundir propósito com objetivo na empresa ou na vida pessoal. Apesar de às vezes serem um motivador, metas como “faturar mais que R$1 bi”, “abrir tantos pontos de venda”, “ser o número um no mercado”, “lucrar mais que R$ XXX” deveriam ser decorrentes de algo com significado muito maior.

Propósito claro e valores bem definidos funcionam como uma bússola e norteiam nossas decisões, nos ajudam a fazer escolhas e também a dizer não. (Como as vezes é difícil falar não!)

Pais e professores precisam estar preparados para ajudar seus filhos e alunos a encontrarem seu verdadeiro propósito e não atrapalhar como muitas vezes acontece. O mesmo vale para um líder dentro do mundo corporativo.

VOCÊ ACREDITA NO PROPÓSITO DA EMPRESA PARA QUAL TRABALHA?

VOCÊ SABE QUAL É O SEU PROPÓSITO?

Como podemos construir uma cultura organizacional em torno do propósito da empresa? A resposta é simples e óbvia: entendendo o propósito das pessoas, comunicando e deixando claro o que a empresa acredita. O engajamento só é possível quando conectamos com o propósito de cada um, e construímos um ambiente que proporciona uma relação de desenvolvimento das partes, de pertencimento e de ganha- ganha.

De acordo com Simon Sinek, autor do best seller Start With Why , “people don´t buy what you do, they buy why you do it” (acesse o vídeo aqui) E cada vez mais as pessoas desejam saber em que as empresas acreditam, quais causas defendem, antes de decidirem vestir uma nova camisa ou uniforme. Contar com o alinhamento de propósito da empresa e da equipe faz total diferença e permite que coisas extraordinárias aconteçam.

Qual o resultado que produzimos? Qual impacto geramos, como indivíduo ou como instituição, na vida das pessoas? Quando compartilhamos os resultados com o time geramos engajamento e permitimos que as pessoas se motivem, pois ninguém consegue motivar ninguém (motivação = motivo para ação, e vem de dentro). O tempo todo precisamos mostrar, contar para todos quais impactos positivos estamos gerando ao nosso redor.

Quando o propósito está claro para todos, empoderamos nossa equipe e permitimos que tragam novas ideias, que pensem em soluções que estejam alinhadas com que acreditamos. Para empresas familiares, o impacto é ainda maior pois tem conexão com histórias e com legado deixado por antecessores.

Segundo meu amigo Luiz Serafim, entusiasta e profundo conhecedor do assunto, quando alinhamos o propósito e colocamos pessoas certas nos lugares certos, mágica acontece.

 Não podemos esquecer que propósito está ligado a autoconhecimento, o quanto eu conheço sobre mim e sobre o quanto sei sobre a empresa que eu pretendo doar minha energia e tempo. Tem a ver com significados (para você), com sentido que você dá nas coisas. Entender o que nos move faz toda a diferença para uma jornada mais feliz.

Empresas vencedoras vão muito além do que elas produzem ou fazem, elas entendem quais são seus valores, preocupam se com o ambiente, escolhem as pessoas certas para estarem lá, permitem que a equipe se ajude, se revigore, incentivam a colaboração e reconhecem os indivíduos que contribuem.

Fica então a pergunta para todos nós: Com quem desejamos seguir a caminhada? Que perfil de pessoas queremos ao nosso lado para vencer os desafios? Que tipo de empresa e ambiente você sonha em estar? Estou usando meu potencial e fazendo coisas que tem sentido para mim?

Thiago Salgado

Fundador da Famíliia S.A.